Iniciar sessão

Votação

A pessoa de quem cuida está acamada?

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades.

6 dicas para aliviar as cãibras, espasmos musculares e tremores nos doentes com Parkinson

Botija de água quente
Créditos Imagem

A doença de Parkinson é caracterizada por uma mobilidade reduzida e dolorosa que se manifesta maioritariamente na forma de cãibras, espasmos musculares e tremores. Existem, no entanto, 6 dicas aos quais os doentes podem recorrer de forma a aliviar esses sintomas.

  1. Massagem: seja ela uma auto-massagem ou administrada por quem cuida de um doente com Parkinson, uma massagem diariamente, de preferência à noite, é um alívio ótimo para as cãibras que afetam frequentemente as pernas.
  2. Banho tépido: um banho de imersão com água tépida (evite a água muito quente, uma vez que pode aumentar o cansaço nos doentes com Parkinson) é um excelente bálsamo para os espasmos musculares e as cãibras.
  3. Bola anti-stress: as pequenas bolas de borracha flexíveis, denominadas bolas anti-stress, são recomendadas para uso manual uma vez que contribuem para a redução dos tremores que afetam as mãos – um dos sintomas mais frequentes na doença de Parkinson.
  4. Compressa quente: o recurso a uma compressa quente é uma forma rápida e eficaz de aliviar espasmos musculares e cãibras, principalmente em zonas localizadas do corpo.
  5. Compressa fria: uma compressa fria ou mesmo um saco com gelo é uma boa opção para o doente de Parkinson conseguir aliviar e relaxar músculos e articulações doridas.
  6. Deitar no chão: ao primeiro sinal de um tremor, o doente de Parkinson deve, se conseguir (se não, deve pedir ajuda), deitar-se de barriga para baixo no chão, relaxando o corpo durante 5 ou 10 minutos.
A sua votação: 
Average: 4.4 (14 votos)