Iniciar sessão

Votação

A pessoa de quem cuida está acamada?

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades.

Como avaliar a alimentação de um idoso

Idosa a beber
Créditos Imagem

Com a idade e devido a múltiplos fatores, os idosos deixam de comer tão bem e, consequentemente, a alimentação passa muitas vezes para segundo plano, o que se reflete, naturalmente, de forma negativa no estado de saúde e bem-estar geral do idoso. Se cuida de um idoso, é importante avaliar, regularmente, a sua dieta alimentar – esta checklist vai ajudá-lo a determinar se o idoso está a alimentar-se bem ou mal.

Idosos vs. Alimentação

O envelhecimento traz com ele inúmeras transformações físicas, incluindo a alteração do paladar e do olfato – o que deixa de tornar a hora da refeição num momento de prazer para muitos idosos. No entanto, esses não são os únicos motivos pelos quais muitos idosos têm uma má alimentação: a perda de apetite pode ser um efeito secundário dos medicamentos que o idoso toma ou então a fraca saúde oral (igualmente característica do envelhecimento) também pode ser a responsável pela má alimentação. Independentemente do motivo, é importante estar atento à dieta alimentar dos idosos.

Como avaliar a alimentação de um idoso

Esta checklist de perguntas foi concebida para poder ser utilizada de forma periódica, pois, também sabemos que todos os idosos têm fases que comem bem, intercaladas com fases em que a sua alimentação não é a desejada. Idealmente, deve fazer esta avaliação de seis em seis meses ou sempre que verificar grandes alterações nos hábitos alimentares ou no peso do idoso. As perguntas tanto podem ser feitas diretamente ao idoso do qual cuida (desde que ele tenha condições para responder), como ao staff do lar onde o idoso possa estar integrado. Independentemente da situação, mantenha-se vigilante e contribua para a alimentação correta do idoso.

Checklist de avaliação alimentar

Se o idoso responder sim à maioria das perguntas constantes desta checklist de avaliação alimentar, então recomenda-se que marque uma consulta com o seu médico com a máxima brevidade possível.

  • Tem alguma alergia alimentar?
  • O idoso perdeu peso recentemente? Se sim, quanto?
  • Sentiu alguma perda de apetite recentemente? Se sim, quanto tempo durou essa fase? (dias, semanas, meses?)
  • O idoso foi sujeito a alguma dieta específica recentemente? Se sim, que tipo de dieta e qual a sua duração?
  • O idoso tem dificuldade em mastigar os alimentos?
  • O idoso tem dificuldade em engolir os alimentos?
  • O idoso come duas ou menos refeições por dia?
  • O idoso come pouca fruta, legumes e laticínios? Quantas porções por dia?
  • O idoso bebe pouca água? Quantos copos por dia?
  • O idoso ingere mais do que três bebidas alcoólicas por dia?
  • O idoso faz a maioria das suas refeições sozinho?
A sua votação: 
Average: 4.8 (5 votos)