Iniciar sessão

Votação

A pessoa de quem cuida está acamada?

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades.

12 coisas boas que pode fazer por alguém que está com dores

Créditos Imagem

Ao preocupar-se com alguém que sofre de uma doença crónica, certamente vai querer ajudá-la naquilo que puder para aliviar o seu sofrimento. No entanto, muitas pessoas não sabem bem como o podem fazer e, na maioria das vezes, a expressão “estou aqui para o que precisar” é insuficiente. Conheça 12 coisas boas que pode fazer por alguém que está com dores e ajude-a a melhorar a sua qualidade de vida.

Como ajudar alguém que está com dores

Se tem um familiar ou uma pessoa amiga que sofre de artrite reumatoide ou de qualquer outra doença crónica, saiba que existem muitas formas de o(a) ajudar. Das mais importantes, destacam-se as 12 seguintes:

1. Fazer companhia nas visitas médicas

Quando uma pessoa está doente e precisa de fazer um tratamento específico de recuperação, é necessário que ela seja sempre vigiada e acompanhada em todas as suas ações, como por exemplo quando se desloca ao médico. Alguns programas de tratamento incluem uma medicação injetável e a presença de alguém conhecido nesses momentos faz com que os doentes se sintam menos assustados e mais apoiados. Esse acompanhamento é determinante para a melhoria do estado geral de saúde de um paciente.

2. Apoiar as suas escolhas alimentares

Uma pessoa que sofre de uma doença crónica deve ter muito cuidado com a sua alimentação, pois existem determinados alimentos que podem melhorar ou piorar a sua condição clínica. Uma das melhores formas de apoiar alguém doente passa por seguir as suas escolhas alimentares e fazer delas as suas. Assim, conseguirá incentivar a pessoa doente a alimentar-se corretamente. Por outro lado, quando duas pessoas seguem a mesma dieta, existem mais possibilidades de saberem quais são os alimentos mais saudáveis para combater um determinado problema.

3. Andar ao seu ritmo

Quando as pessoas estão doentes e com dores, é natural que o seu ritmo de vida baixe consideravelmente. No entanto, isso não quer dizer que precisem de parar ou de ficar todo o dia fechadas em casa. Nunca permita que uma pessoa doente desista de fazer aquilo a que estava habituada devido à sua falta de ritmo, uma vez que isso irá agravar o seu problema de saúde. É preferível demorar o dobro do tempo na realização de uma tarefa simples, em vez de não a fazer.

4. Ajudar a realizar as tarefas mais simples

As pessoas que têm muitas dores, devido a um problema de saúde, apresentam muitas dificuldades na realização de todo o tipo de atividades e, por vezes, a execução das mais básicas, como cuidar da higiene pessoal, ficam comprometidas. Ajude-as a fazer as tarefas mais simples, como trocar os lençóis de uma cama, pois, dessa forma, estará a aliviar as suas dores.

5. Não perguntar se precisa de ajuda

As ações falam mais alto do que as palavras e, como tal, não deve perguntar se uma pessoa com dores quer a sua ajuda, deve simplesmente ajudar. Não basta oferecer a sua ajuda porque, nessas situações, o orgulho, o preconceito ou a vergonha fazem com que provavelmente as pessoas a rejeitem. É preferível chegar com um aspirador ou com uma esfregona na mão e perguntar por onde deve começar a limpar.

6. Aprender e acreditar

Se alguma pessoa amiga ou familiar sofrer de uma doença crónica, uma das melhores maneiras de o ajudar passa por recolher todas as informações sobre a respetiva doença. Por exemplo, é importante saber que uma pessoa com artrite reumatoide pode não parecer estar doente mas, ainda assim, estar em sofrimento. Neste exemplo em concreto, é fundamental saber quais são os medicamentos mais adequados para combater a doença e saber como aliviar as dores da artrite. Por outro lado, também é muito importante acreditar e levar a pessoa com dores a crer que, ao cumprir com os tratamentos estabelecidos, o seu estado de saúde vai melhorar.

7. Confecionar uma refeição

Preparar uma refeição para alguém que está com dores pode ser uma forma excelente dela relaxar e passar mais tempo de qualidade com a família. Por outro lado, é também uma boa forma de comer alimentos ricos em nutrientes, promovendo assim uma dieta saudável e equilibrada.

8. Tomar conta das crianças

Cuidar de crianças é uma tarefa muito cansativa para quem está de perfeita saúde e muito mais para quem está a sofrer com dores. Muitas vezes, tomar conta das crianças de alguém que está a atravessar um problema de saúde pode ser uma lufada de ar fresco para a sua recuperação, uma vez que lhe permite descansar e relaxar um pouco mais.

9. Oferecer uma boleia

As pessoas que sofrem de dores (umas mais suportáveis que outras), têm sempre muitas dificuldades em andar pelo próprio pé. Assim sendo, para garantir o máximo bem-estar e conforto de um paciente, deve oferecer-lhe uma boleia sempre que este precisar. Ele vai certamente apreciar o seu gesto.

10. Dar uma mão

Quando alguém começa a ter problemas nas articulações dos dedos das mãos, como por exemplo as pessoas que sofrem de artrite reumatoide, qualquer tipo de ajuda é enorme. As pessoas podem ajudar a abrir certos medicamentos ou garrafas, escrever qualquer tipo de nota ou bilhete e administrar o correio. Existem várias formas de auxiliar as pessoas que mais precisam, nas horas mais difíceis, pois não se sabe se mais tarde não será você a precisar de uma mão amiga.

11. Fornecer o máximo de conforto

Existem pormenores que podem ser feitos quando alguém está a sofrer com dores, como por exemplo:

  • Colocar uma almofada nas costas de uma pessoa para que ela fique o mais confortável possível;
  • Introduzir uma botija de água quente na cama para que quando o paciente se for deitar a cama estar a uma boa temperatura;
  • Fazer uma massagem aos pés da pessoa doente, de forma a aliviar as dores que ela possa sentir nas suas articulações e/ou tornozelos.

Tratam-se apenas de alguns pequenos exemplos que podem fazer uma grande diferença no conforto e no bem-estar de alguém que está com dores.

12. Auxiliar na realização de exercício físico

A prática do exercício físico é uma atividade que todas as pessoas devem realizar, pois é um dos baluartes para uma vida saudável e ativa. Auxilie a pessoa com dores a exercitar o corpo e a mente, pois só assim é que ela conseguirá progredir e ter melhorias no seu estado clínico.

A sua votação: 
Average: 5 (2 votos)